top of page
  • Foto do escritorCaopanheiro labra

Cachorro filhote pode comer ração de adulto?

Muitas vezes com a chegada de um novo filhote em uma casa que já tem cães adultos ficamos na dúvida se realmente precisamos comprar uma ração específica para o filhote ou se podemos dar a ração que o cão adulto já come em menor quantidade pro filhote. Quem aí nunca pensou nisso..


Afinal, será que faz mal? Precisamos mesmo comprar outra ração só para o pequeno de casa? Porque não aproveitamos o que já temos e dividimos entre a galerinha daqui? Seria mais fácil não é? Mas não é o correto. Vamos explicar o porque.


Quem já conviveu com um filhote em casa sabe que, apesar de muito fofos, eles podem dar muito trabalho. Curiosos, eles adoram correr e explorar o ambiente e parecem incansáveis durante as brincadeiras.


Por outro lado, um cão idoso já não tem o mesmo pique e pode preferir dedicar uma parte maior de seu dia ao sono. Lembra o Polinho? Se pudesse, passava o dia deitadinho de boa na caminha dele. Pensando assim, um cão filhote gasta muito mais energia, por isso existe ração para cachorro filhote que atende às suas necessidades.


Cães idosos também, são mais propensos ao ganho de peso e a problemas de saúde, como artrites, artroses, entre outros.

Alterar a alimentação do pet acompanhando as mudanças na idade dele é importante para manter o equilíbrio do organismo, garantindo a quantidade necessária de energia e de nutrientes, como vitaminas e minerais, de acordo com cada fase. Por isso, é preciso consultar um médico-veterinário de confiança para saber até quando dar ração de filhote para cachorro.


Quando falamos em necessidades nutricionais de filhote, duas palavras são muito importantes: energia e crescimento. Eles são rápidos, brincalhões e muito agitados, por isso, gastam muita energia, sendo que esta precisa ser recuperada rapidamente.

A alimentação dos filhotes nessa etapa deve conter doses maiores de gordura, proteína, vitaminas, minerais e fibras. Isso vale tanto para as rações, que devem ser específicas para filhotes, levando em conta também o porte do cachorro, como para a alimentação natural. Esta deve ser sempre recomendada por um veterinário de preferência nutricionista.


Hoje em dia Toddy come ração para cães adultos, raça grande e Mika já come ração para cães de 7 anos pra cima. São duas rações diferentes feitas com nutrientes em quantidades diferentes para atingir as necessidades de cada um. Ambos comem Hill's.

Um filhote que come ração de adulto pode crescer com deficiência de diversos nutrientes que são de grande importância para seu desenvolvimento. É o caso, por exemplo, de proteínas — fundamentais para o desenvolvimento dos tecidos, por exemplo —, além de uma série de vitaminas e minerais. Lembre-se de que o cálcio é essencial para o desenvolvimento dos ossos, a vitamina A para a saúde dos olhos, etc. Assim as quantidades variam de acordo com cada necessidade.



Além da composição do alimento, o próprio formato da ração deve ser levado em conta.


Um filhote comer ração de adulto pode ser prejudicial também devido ao seu tamanho, já que o grão é grande demais para os dentinhos pequenos do filhote. 

Por esse motivo, a tabela que se encontra na embalagem da ração (com indicação de idade para dar ração de filhote, porte e até de raça) deve ser seguida conforme as recomendações.


Na dúvida consulte sempre o seu veterinário.



Ahhh, mas como eu faço pra separar e um não comer a comida do outro Ciça?


Quando há comedouros e espaços separados para comer, muitos cães acabam respeitando o espaço uns dos outros. Na época do Polinho eu costumava colocar o Polinho deles em lugares diferentes. Hoje em dia coloco pro Toddy e pra Mika em cantos diferentes e ambos respeitam. Mesmo acabando bem mais rápido que o Toddy, ela nunca vai lá tentar pegar a dele. No máximo fica observando pra ver se ele deixa um pouquinho no pote quando acabar ( coisa que nunca acontece pra infelicidade da Mika 😅) Isso é aqui em casa, mas se um de seus cãezinhos está com dificuldade para entender que deve comer apenas em seu comedouro, uma ideia é estabelecer um horário diferente para a alimentação de cada um, mantendo o outro pet em local separado. 

Importante também, lembrar que quem tem mais de um pet em casa deve sempre ficar atento e observar se todos eles comem sua respectiva porção.


Curtiram? Para saber mais informações sobre qual alimentação adequada para o seu pet clica aqui





58 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page